Conheça os vencedores do 23º Critics’ Choice Awards

por: Cinevitor

margotcriticsMargot Robbie: melhor atriz em comédia por Eu, Tonya.

A Broadcast Film Critics Association, maior organização de críticos americanos e canadenses, anunciou nesta quinta-feira, 11/01, em cerimônia apresentada pela atriz Olivia Munn, os vencedores do 23º Critics’ Choice Awards, importante premiação que elege os melhores da TV e do cinema.

A atriz Gal Gadot, protagonista de Mulher-Maravilha, foi homenageada com o Prêmio #SeeHer, criado ano passado em parceria com a Association of National Advertisers, com a intenção de homenagear mulheres que se destacam na mídia. A homenagem, que já foi entregue para Viola Davis, foi apresentada pela cineasta Patty Jenkins, diretora do filme solo da super-heroína, e reconhece uma mulher que incorpora os valores estabelecidos pelo movimento #SeeHer, destacando seu desempenho em retratar com precisão o papel feminino na indústria do entretenimento sem estereótipos, seja na ficção ou na vida real, dialogando sobre temas importantes como a igualdade de gênero.

“Quando eu comecei como atriz, tinham poucos papéis de protagonistas para mulheres. Este ano, as três maiores bilheterias tiveram protagonistas femininas, entre elas, Mulher-Maravilha, realizado por Patty Jenkins. Embora isso já seja um progresso, precisamos avançar mais. Como artistas e cineastas, nosso trabalho não é só entreter, mas também inspirar. Eu estou comprometida com todos vocês e nunca vou me silenciar. Vamos continuar juntos lutando pela igualdade!”, disse Gal Gadot em seu discurso.

O drama A Forma da Água, de Guillermo del Toro, que liderava com 14 indicações, venceu em quatro categorias, entre elas, a de melhor filme.

Conheça os vencedores do 23º Critics’ Choice Awards nas categorias de cinema:

MELHOR FILME:
A Forma da Água

MELHOR ATOR:
Gary Oldman, por O Destino de uma Nação

MELHOR ATRIZ:
Frances McDormand, por Três Anúncios Para um Crime

MELHOR ATOR COADJUVANTE:
Sam Rockwell, por Três Anúncios Para um Crime

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE:
Allison Janney, por Eu, Tonya

MELHOR ATOR/ATRIZ JOVEM:
Brooklynn Prince, por Projeto Flórida

MELHOR ELENCO:
Três Anúncios Para um Crime

MELHOR DIREÇÃO:
Guillermo del Toro, por A Forma da Água

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL:
Corra!, escrito por Jordan Peele

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO:
Me Chame Pelo Seu Nome, escrito por James Ivory

MELHOR FOTOGRAFIA:
Blade Runner 2049, por Roger Deakins

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO:
A Forma da Água, por Paul D. Austerberry

MELHOR EDIÇÃO (empate):
Dunkirk, por Lee Smith e Em Ritmo de Fuga, por Jonathan Amos e Paul Machliss

MELHOR FIGURINO:
Trama Fantasma, por Mark Bridges

MELHOR MAQUIAGEM E PENTEADO:
O Destino de uma Nação

MELHORES EFEITOS VISUAIS:
Planeta dos Macacos: A Guerra

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO:
Viva – A Vida é uma Festa

MELHOR FILME DE AÇÃO:
Mulher-Maravilha, de Patty Jenkins

MELHOR FILME DE COMÉDIA:
Doentes de Amor, de Michael Showalter

MELHOR ATOR EM COMÉDIA:
James Franco, por Artista do Desastre

MELHOR ATRIZ EM COMÉDIA:
Margot Robbie, por Eu, Tonya

MELHOR FILME DE FICÇÃO CIENTÍFICA OU TERROR:
Corra!, de Jordan Peele

MELHOR FILME ESTRANGEIRO:
Em Pedaços, de Fatih Akin (Alemanha)

MELHOR CANÇÃO:
Remember Me, interpretada por Miguel (Viva – A Vida é uma Festa)

MELHOR TRILHA SONORA:
A Forma da Água, por Alexandre Desplat

Foto: Divulgação.

Comentários